• Ouvidoria
  • LEILÃO BENEFICENTE
  • Resultado de Exames
    Centro de Diagnóstico HCR
    CLIQUE E CONHEÇA

    Notícias e Eventos

    Projeto Vidas Verdes: HCR resgata projeto de consciência ambiental em seu Centro de Parto

     

    Faz parte das atividades que marcam os 45 anos do Hospital Cristo Redentor, a reinserção do projeto Vidas Verdes que teve início na instituição no ano de 2008, aliando o conceito de “uma nova vida humana à uma nova vida vegetal”. Para cada criança que nasce na maternidade do HCR, uma muda de árvore é destinada para plantio e cuidado.

     

    Na próxima segunda-feira 07 de junho, no Mês do Meio Ambiente, o projeto reinicia com o incentivo do Poder Público Municipal que fará a doação das mudas de árvores.  Está programada para às 11h de segunda-feira, o ato de entrega de sessenta mudas. Os bebês que nascerem no centro Obstétrico, a partir desta data, já receberão a primeira missão de vida: o cuidado ambiental.

     

    Para o atual diretor executivo da instituição, Marcelo Borghetti, “o hospital tem esta preocupação em estar inserido em causas ambientais e a reativação deste projeto vai de encontro a este objetivo. “Muito importante fazermos esta analogia de uma vida que nasce, uma árvore é plantada. Conseguimos assim iniciar na vida destas crianças a consciência ambiental de uma maneira muito produtiva e positiva”, explicou. 

     

    Nas três edições já realizadas do projeto, foram destinadas aproximadamente 500 mudas de árvores das espécies ipê roxo, cerejeira, araçá, amora, guabiroba, guabijú, canela, pitangueira, entre outras. A destinação das mudas foi feita em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Marau.  O DHO- Setor de Desenvolvimento Humano e Organizacional do HCR, juntamente com o setor de Assistência Social fez o acompanhamento sobre o plantio e o desenvolvimento das árvores, algumas inclusive que foram plantadas em locais públicos em Marau e municípios da região.

     

    Neste ano de 2021 o Poder Público Municipal confirmou a parceria na destinação de mudas, o que viabiliza o resgate do projeto num ano histórico, que é a marca dos 45 anos da instituição de saúde.

     

    A chegada da primeira leva de mudas de árvores contempla as espécies: Pitanga, Aroeira Vermelha, Guabiroba, Araça, Inga e Ipê roxo. Junto a entrega das mudas para os familiares e ou responsáveis de casa bebê que nascer no Centro de Parto, será entregue um certificado com orientações sobre os cuidados com as plantas e informações sobre a espécie.

    O projeto tem o acompanhamento da Enfermeira Gestora do Centro Obstétrico, Marla Nunes do Nascimento e também da Coordenadora de Assistência Social, Adela Dolores De Conto.

    A programação de distribuição das mudas é até o mês de novembro de 2021. 

     

     

    Compartilhe:

    Galeria de fotos