• Ouvidoria
  • LEILÃO BENEFICENTE
  • HCR Histórias
  • Resultado de Exames
    Centro de Diagnóstico HCR
    CLIQUE E CONHEÇA

    Notícias e Eventos

    Live Setembro Amarelo traz reflexão entre jovens

    Falar de vida. Foi este o principal objetivo e atingido com sucesso na terceira edição da Live Setembro Amarelo promovida pelo Hospital Cristo Redentor e pela Secretaria Municipal de Saúde de Marau. Com enfoque no tema Prevenção ao suicídio na adolescência, o evento ocorreu na quinta-feira (23), no Auditório do IESTA- Instituto Santo Tomás de Aquino e contou com a presença de estudantes do ensino médio.

     

    Marcaram presença na abertura dando as boas-vindas aos internautas e também ao público in loco, o Presidente da Associação Hospitalar Beneficente de Marau, Adelar Confortin, o Diretor Executivo do HCR, Marcelo Borghetti, a Vice-Diretor do IESTA, Rejane Carminatti e a Enfermeira Coordenadora de Ações em Saúde de Marau, Fernanda Garbin. 

     

    Em suas palavras, o Diretor Marcelo Borghetti destacou a importância de o hospital estar presente na comunidade trabalhando temas como este e engajado nestas discussões que envolvem prevenção e suporte à vida. 

     

    O Presidente da Associação Hospitalar, Adelar Confortin, reforçou que o HCR sempre está atento e atendendo os problemas e anseios da comunidade de Marau e região. “Este assunto é um assunto que tem haver com todos, com todas as famílias, se não de forma indireta, de forma indireta. Precisamos estar atentos a qualquer sinal de problemas que envolvam a saúde, mas este de forma muito especial”, colocou.

     

    A vice-diretora do IESTA (turno da noite), professora Rejane Carminatti comentou sobre a importância de trabalhar a temática em âmbito escolar: “É muito importante este momento de reflexão e este ambiente de debate. Ficamos felizes que os estudantes puderam participar, pois percebemos no dia-a-dia esta necessidade de conversar e de ouvir; principalmente neste momento de pandemia em que o adoecimento emocional se intensificou. Esta é uma noite de acolhimento”. 

     

    Para Fernanda Garbin, Coordenadora de Ações em Saúde, “saúde não se constrói apenas com exames, medicação, consultas, mas com qualidade de vida, educação em saúde, prevenção e informação: “É isso que viemos fazer esta noite, trazer informação com qualidade e isso faz a diferença na saúde entre a vida e a morte”.

     

    QUADRO PROFISSIONAL: Com conhecimento técnico e prático, integraram o quadro profissional na live 2021: Dr. Eduardo Antônio Tedeschi- Psiquiatra, Mestre em psiquiatria e PhD student em transtorno mental grave. (CRM 34789 RQE 32702); Fernanda Garbin - Enfermeira Coordenadora de Ações em Saúde do município de Marau; Lilian Stolfo Maculan Rettore, Psicóloga Organizacional no Hospital Cristo Redentor e psicóloga Clínica realizando atendimento a crianças e adolescentes e   Especialista em Psicologia Clínica - orientação psicanalítica (CRP 07/14.876) , Mayara Larice de Sousa Oliveira, Psicóloga no Hospital Cristo, pós-graduada em Direitos Humanos e Gestão pública Redentor, pós-graduanda em psicologia hospitalar e diversidade afetiva e de gênero (CRP 07/30978); Bruna Bassani Federizzi, Professora de Filosofia, Psicóloga e Especialista em Arte: educação e terapia.  (CRP 07/27917).  O debate foi intermediado pela Jornalista Assessora de Comunicação do Hospital Cristo Redentor, Kelly Regina Filippi (MT 0018948/RS). 

     

    O debate tratou de assuntos como família, escola, formas de abordagem e auxílio à adolescentes com ideação suicida, a influência das redes sociais, convívio em grupo, redes de apoio disponíveis, demonstração das emoções, escuta ativa, afetividade, entre outros.  Ao final da live, os profissionais responderam perguntas da plateia. 

     

     TRANSMISSÃO: A Live foi transmitida pelas fanpages /hcrmarau /vangfm /tuaradioalvorada e /prefeiturademarau.   O conteúdo fica disponível para acesso nas quatro páginas. 

     

     

    O QUE É A CAMPANHA SETEMBRO AMARELO: Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente  a Campanha Setembro Amarelo. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano.

     

    São registrados mais de 13 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 01 milhão no mundo. Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

     

    Com o objetivo de prevenir e reduzir estes números a campanha Setembro Amarelo cresceu e hoje conquista o Brasil inteiro. Como resultado de muito esforço, em 2016, a campanha garantiu espaços inéditos na imprensa e firmou muitas parcerias. Oportunizou ainda iluminar monumentos históricos, pontos turísticos, espaços públicos e privados. Centenas de pessoas participaram de caminhadas e ações para a conscientização sobre o tema. 

    Compartilhe:

    Galeria de fotos